Conecte-se com o Facebook

Semana Silvio Caldas

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura e Eventos, promove entre os dias 13 a 18 de outubro a Semana Sílvio Caldas, em homenagem ao grande artista que morou em Atibaia por mais de quatro décadas.

“No ano em que Atibaia completa 350 anos, não poderíamos deixar de fazer uma homenagem à altura de um artista como Sílvio Caldas, que escolheu viver em nossa cidade e que tanto contribuiu com a história da seresta e da música popular no Brasil. Foram restaurados objetos pessoais, prêmios e conversas com a família para preparar a exposição, além dos shows com artistas da cidade. Será imperdível”, comentou Roberta Barsotti, da Secretaria de Cultura e Eventos.

A abertura oficial será realizada na terça-feira (13), às 19h30, no Centro de Convenções e Eventos “Victor Brecheret”. A cerimônia contará ainda com a exibição do documentário “Caboclinho Querido”, que retrata a vida de Sílvio Caldas, e um show com “KGdeCanto & Convidados”.

Na quarta-feira (14), o público presente poderá conferir o “Tributo a Sílvio Caldas, Caboclinho Querido” com o sambista Tuco Pellegrino. A apresentação terá início a partir das 20h, no Centro de Convenções. Já na quinta-feira (15), a Big Band fará um concerto em Homenagem ao Dia Nacional da Música Popular Brasileira, sob a regência de Roberto Sion, às 20h, também no Centro de Convenções. Já na sexta-feira (16), o Centro de Convenções será palco do show “25 anos de Pedra 90 – Fazendo História na História de Atibaia”, com início às 20h.

No sábado (17), a Semana Sílvio Caldas tem continuidade na Praça da Igreja Cristo Rei, no Alvinópolis, às 9h, com prática de dança circular com Lucia Pacheco “Dançando pela Terra – Dia Nacional da MPB”; às 10h, apresentação do Grupo de Percussão Unidos da Terceira Idade, com o show “Grandes Seresteiros do Brasil”; e às 11h Dueto Instrumental de Choro com Bruno Milani. Por fim, no domingo (18), as atrações prosseguem na Praça do Mercado, no Coreto Sílvio Caldas, a partir das 10h, com a Camerata de Violões do Projeto Guri e o Trio de Choro “Perfil Brasileiro”, com Eliezer Guilherme, Altamiro 7 Cordas e Marcos Vinícius.

Sílvio Caldas

Sílvio Antônio Narciso de Figueiredo Caldas – seresteiro, cantor e compositor – era dono de timbre inconfundível e impecável interpretação, cativando milhares de admiradores em sua longa carreira. Deixou grandes contribuições na cultura do país e também na cidade escolhida por ele para abrigar parte de sua história.

Considerado um verdadeiro ícone da MPB, Sílvio Caldas recebeu a fama de “seresteiro”, tendo feito grande sucesso, principalmente entre os anos 30 e 50. Seu primeiro sucesso foi o samba de Ary Barroso, chamado “Faceira” (1931), e desde então consagrou-se como um dos maiores cantores brasileiros. A canção “Chão de estrelas” (1937), feita em parceria com Orestes Barbosa, tornou-se um clássico da MPB.

Sílvio Caldas morou por mais de quatro décadas em Atibaia, onde faleceu aos 89 anos, em 1998. Por onde andava, fazia questão de enaltecer a cidade, o que certamente contribuiu de chamariz para tantos músicos e artistas que vivem e frequentam Atibaia até hoje, nas rodas de samba, choro e seresta.

O coreto Sílvio Caldas, na Praça Aprígio de Toledo (Praça do Mercado), recebeu o nome do artista em sua homenagem e, no início da década de 90, foi instituída a “Semana Sílvio Caldas” por meio da Lei n° 2480.

Deixe seu comentário

Carregando...

 

 

Veja os roteiros em Atibaia

ARES RURAIS DE ATIBAIA

Conhecer uma tipica fazenda paulista e, em seu alambique de muitas estórias, sentir os aromas da fina cachaça fabricada artesanalmente no local e apreciar a boa comida servida no fogão.

Veja outros roteiros

Siga o Atibaia Tour nas mídias sociais