Conecte-se com o Facebook

Cavalhada: Prefeitura reitera normas criadas em 2013

A tradicional Cavalhada em louvor a Nossa Senhora do Rosário – um patrimônio cultural de Atibaia, que faz parte do Ciclo Natalino da cidade e acontece anualmente no dia 26 de dezembro, está em sua 263ª edição. Este ano, o evento ocorrerá no sábado (26) com novos horários e novo trajeto, conforme prevê o Decreto Municipal n.º 7.784, de 10 de novembro de 2015.

A Prefeitura – que não é a realizadora da Cavalhada – prestará o apoio necessário durante todo o percurso para que o evento ocorra sem transtornos à população e visando proporcionar segurança aos espectadores, participantes e animais, reiterando as normas estabelecidas desde 2013.

A saída e concentração serão na Alameda Santa Filomena, no bairro Ressaca, e os cavaleiros percorrerão as seguintes vias: Avenida Professor Odair da Silva Pinto, Travessia sob a Rodovia Dom Pedro I – SP 65, Avenida Jerônimo de Camargo, Rua Agenor Pedroso de Souza, Rua Doutor Zeferino Alves do Amaral, Rua Monsenhor Kohly, Avenida da Saudade, Rua José Alvim, Rua Visconde do Rio Branco, Praça Claudino Alves (Igreja Matriz), Rua José Lucas, Largo do Rosário (Igreja do Rosário), Avenida Nove de Julho, Rua Monsenhor Kohly, Rua Doutor Zeferino Alves do Amaral, Rua Estudante Ednaldo Aparecido Salles, Avenida Jerônimo de Camargo, Travessia sob a Rodovia Dom Pedro I – SP 65, Avenida Professor Odair da Silva Pinto, Alameda Santa Filomena e retorno à concentração. É importante que os motoristas colaborem, não estacionando os veículos nas ruas que fazem parte do trajeto no período das 8h às 13h.

Equipes da Secretaria de Transportes e Trânsito estarão no local, com antecedência, para sinalizar as vias e bloquear o trânsito. No dia do evento, fiscais e policiamento estarão presentes para assegurar o bom andamento das atividades, com atenção especial ao trato dos animais. Lembrando que “maus-tratos aos animais” é crime previsto em lei, de acordo com a Lei Federal de Crimes Ambientais nº 9.605/98; além das sanções previstas em legislação municipal vigente, como na Lei Complementar nº 653/12, Lei Complementar nº 672/13 e Lei nº 3.209/01.

Este ano o Poder Executivo Municipal estabeleceu, por meio do Decreto n.º 7.749, de 9 de outubro de 2015, a normatização e fiscalização da Cavalhada, regulamentando a conduta e disciplina dos participantes, comercialização de produtos, bebidas e alimentos, durante o evento, entre outras providências.

Para garantir que o evento transcorra de forma mais organizada, o Decreto estabelece algumas normas, como: crianças e menores deverão estar acompanhados pelos pais ou responsáveis; respeitar rigorosamente os horários e o trajeto definidos; os animais deverão obrigatoriamente estar com ferraduras, sela e/ou arreios; proibição do acompanhamento do cortejo por veículos particulares durante o trajeto; a condução de animais com pessoas na “garupa”, entre outras definidas pelo Decreto Municipal n.º 7.749 de 09 de outubro de 2015.

Há também recomendações, tais como: cuidar do bem-estar do animal, respeitando seus limites; não colocar excesso de peso nas charretes, carroças ou similares; não utilizar equipamentos de som das charretes, carroças ou similares; não conduzir garanhões agressivos ou éguas no cio; não consumir bebidas alcoólicas; não jogar lixo durante o trajeto; não fazer algazarras ou tumultos e respeitar a todos que estiverem participando ou assistindo ao evento.

A Cavalhada em louvor a Nossa Senhora do Rosário é um patrimônio cultural do município, integrante das festividades do Ciclo Natalino, e tem seu primeiro registro datado no ano de 1.752.

Embora esteja prevista no Calendário Oficial de eventos do município (e no Ciclo Natalino de Atibaia), a Cavalhada não é realizada pela Prefeitura, pois trata-se de uma manifestação popular com origem religiosa, folclórica e cultural, em que o Poder Executivo Municipal somente presta apoio e auxílio conforme suas prerrogativas, proporcionando o amparo necessário para a realização do evento.

Deixe seu comentário

Carregando...

 

 

Veja os roteiros em Atibaia

ARES RURAIS DE ATIBAIA

Conhecer uma tipica fazenda paulista e, em seu alambique de muitas estórias, sentir os aromas da fina cachaça fabricada artesanalmente no local e apreciar a boa comida servida no fogão.

Veja outros roteiros

Siga o Atibaia Tour nas mídias sociais